Rua Varginha, 541, Colégio Batista, 31110-130, BH-MG(31) 3273-2020/

Blog

Quando Nasce Uma Mãe?

O amor pelos filhos começa juntamente com a notícia da gravidez?

Só existe pelo fato da geração deles? Eu acredito que o amor pelos filhos se inicia nas experiências que levam ao desejo de gerar uma família. Representado por brinquedos, prováveis nomes de um futuro filho, na geração da vida, nas idealizações.

Filhos antes de serem gerados são desejados, esperados e amados, por mulheres que independente da idade desenvolvem o extinto materno e o amor por um ser desconhecido, mas almejado.

Mas, nem todas as relações paterno-materno-infantis desenvolvem o amor incondicional. Porque confrontam as frustrações da não concretização das idealizações acumuladas.

A aceitação de outro ser independente ou dependente de desejos e ações, nem sempre ocorre nessa relação consanguínea, mas pode ocorrer nas relações de adoção também.

Amo meus filhos desde a criança “sapeca” que fui, que brincava de bonecas e esperava por eles. Independente das escolhas e gostos diferentes. E saibam que já amo meus netos que aguardo com muito amor e carinho, sem saber se chegarei a conhece-los ou não!

(Patricia Grajeda)

Compartilhe este post