Rua Varginha, 541, Colégio Batista, 31110-130, BH-MG(31) 3273-2020/

Blog

ULTRASSOM MORFOLÓGICO: Tudo O Que Você Precisa Saber

Um dos principais exames a ser realizado durante as semanas de gestação é o ultrassom morfológico. Na maioria das vezes a ansiedade gira em torno da descoberta do sexo do bebê, mas não é só com essa finalidade que o exame é realizado.

O que é o exame de ultrassom morfológico?

Estamos vivendo em um mundo cheio de maravilhas tecnológicas. Consequentemente, cada dia surge uma coisa nova e o campo da medicina não fica fora disso. E quando se trata das futuras mamães, às vezes é até complicado compreender este monte de termos técnicos e novidades que o médico fala. Por isso, hoje vamos falar de um dos momentos mais encantadores da gravidez, que é o exame de ultrassom morfológico.

A ultrassonografia parece coisa futurista, mas na verdade o conceito é bem simples, além de muito seguro. Como o próprio nome diz, é um exame que permite que você veja (grafia) seu bebê através de ondas de ultrassom (ultrasono).

O exame é feito a partir da emissão de ondas sonoras em alta frequência por intermédio de um aparelho. Estas ondas acabam sendo refletidas pelo feto, como se fosse um eco. O que o aparelho faz é capturar estes reflexos e transformá-los em imagens. Ou seja, o equipamento permite que você veja, através de sons.

Antes que as mamães aí se preocupem, este exame não apresenta nenhum tipo de risco para o bebê ou para a mãe. Além de muito seguro é extremamente importante.

Quando e por que fazer o exame?

O exame de ultrassom morfológico deve ser feito entre as 18ª semana de gestação e a 22ª semana de gestação. O principal objetivo desse exame é ter certeza que está tudo bem com o seu bebê. Além de buscar por eventuais más-formações. Além disso, durante o exame o seu obstetra também verificará:

  • Se o coração do bebê está batendo como esperado;
  • Ocorrência de gravidez múltipla;
  • Tamanho do bebê;
  • Posição da placenta;
  • Quantidade de líquido amniótico.
  • Aferição do bom desenvolvimento do RN

Além de vários outros problemas, o exame também é muito importante para o diagnóstico de certas doenças e malformações, entre elas, as mais comuns são:

  • Lábio Leporino, que é uma má formação do céu da boca;
  • Síndrome de Down;
  • Má formação da coluna do bebê;
  • Malformações no cérebro, como hidrocefalia ou anencefalia;
  • Malformações nos membros, rins, coração, pulmões e intestino.

Porque eu tenho que ter a bexiga cheia para o procedimento?

Uma bexiga cheia proporciona uma “janela” limpa que permite que o feto seja visto com mais clareza. Além disso, ter a bexiga cheia faz com que o seu útero se desloque um pouco de trás do osso púbico. Mas, não há necessidade de ficar super apertada para fazer o exame, sinta-se livre para urinar um pouco antes do exame.

Qual a diferença entre um exame de ultrassom morfológico normal e 3D?

Nos últimos anos o 3D virou moda. Muitas coisas que querem parecer muito avançadas e de ponta adotam esta terminologia só para parecerem mais modernos. Como resultado disso, existem tratamentos capilares 3D, cremes de regeneração 3D, televisores 3D e muito mais. O que pouca gente sabe é que 3D não é nada novo ou tão high tech assim. A gente explica:

Uma imagem 2D é qualquer coisa onde você possa perceber altura e largura de maneira clara, como pode ser visto no ultrassom abaixo:

Ultrassom 2D

Já em uma imagem 3D você pode perceber, além da altura e largura, também a profundidade. Dessa maneira é possível perceber melhor certos detalhes do seu bebê. Confira abaixo um exemplo:

Ultrassom 3D

Lembrando que o 3D aqui é só uma ilusão, já que é visto em uma tela plana. A única maneira de você realmente ver algo em 3D seria no mundo real ou usando óculos de realidade virtual.

Se você quiser eternizar este momento, há clínicas que oferecem o serviço de impressão em 3D do exame. Ou seja, você teria uma pequena escultura do seu bebê ainda no útero.

Há vários casos muito emocionantes de mães com deficiência visual que podem sentir os seus filhos com as mãos através de versões impressas em 3D do resultado do exame.

Quanto Custa o Exame?

Os preços do exame de ultrassom morfológico variam de acordo com a região e com a clínica escolhida. Nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte o custo do procedimento varia entre R$113,00 e R$218,00 em fevereiro de 2018.

Já em sua versão 3D o valor é um pouco mais alto. O valor médio na mesma região, no mesmo período varia entre R$150,00 e R$350,00.

Há algum tipo de preparo especial para a realização do ultrassom morfológico 3D?

As recomendações para a realização desse exame são as mesmas do exame do ultrassom morfológico comum. Para que este procedimento em 3D seja feito, antes é realizado um exame de ultrassonografia comum, para verificar a viabilidade do exame em 3D.

Esta preocupação é necessária, já que, dependendo de algumas condições, como quantidade de líquido amniótico, posição do feto, quantidade de gordura abdominal, as imagens podem sair de má qualidade.

Compartilhe este post