Home Care – Assistência Domiciliar (AD)

Muito se fala sobre assistência home care. No que consiste este serviço? Em quais casos esse serviço pode ser indicado? Os planos de saúde devem custear?\

O que é Home Care?

 A termo home care é de origem inglesa e em português significa “cuidados em casa”.nPela Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – O termo Home Care é um serviço de assistência domiciliar (AD) que contempla ações de promoção à saúde, como prevenção, tratamento de doenças e reabilitação em domicílio.

A principal meta da assistência domiciliar é estabilizar e, sempre que possível, curar o paciente da condição patológica ou enfermidade que possuir.

Entre as inúmeras vantagens desse serviço, destaca-se a diminuição dos riscos de infecção em ambientes hospitalares, a redução de complicações clínicas e reinternações desnecessárias, a humanização do atendimento em domicílio e a otimização do tempo de recuperação do paciente.

O que é Home Care

 

Serviços do Home Care

 Uma empresa de Home Care – Assistência Domiciliar (AD) deve adimplir às resoluções aplicáveis e é imprescindível que tenha a estrutura exigida legalmente, além de possuir uma equipe multidisciplinar que atue em conformidade com os protocolos operacionais. 

  • ATENÇÃO DOMICILIAR OU GERENCIAMENTO DE CASO PEDIÁTRICO – Atendimentos pontuais de equipes multidisciplinares de médico, enfermagem, fisioterapia, fonoaudióloga, nutricionista ou outro profissional quando necessário. São pacientes estáveis, sem assistência ventilatória, que não necessitam de plantão enfermagem no domicílio.

 

  • INTERNAÇÃO DOMICILIAR – Para casos que exigem um cuidado mais intenso, esse serviço exige a presença de um técnico de enfermagem na residência por 12 ou 24 horas por dia com um maior aparato médico hospitalar, além do paciente necessitar utilizar equipamentos mais complexos como aparelhos de ventilação mecânica, monitores, etc.  Com frequência são traqueostomizados e gastrostomizados.

 

  • FOTOTERAPIA DOMICILIAR – Para tratamento de icterícia neonatal, um dos motivos mais frequentes por hospitalização prolongada de recém-nascidos.

 

  • INTERVENÇÃO ESPECÍFICA DOMICILIAR – Aplicação de medicação via endovenosa, intramuscular em domicílio. Tratamentos específicos para finalização do protocolo terapêutico específico, como por exemplo tratamento de osteomielite, pneumonias, etc.

 

Quem pode ser submetido ao serviço de Assistência Domiciliar?

 

Alguns critérios de elegibilidade do paciente para (AD):

  • Pacientes clinicamente estáveis que necessitem completar o tratamento com supervisão médica e de enfermagem;
  • Treinamento do paciente ou do cuidador frente às suas novas condições, limitações e necessidades clínicas;
  • Término de terapia injetável;
  • Realização de curativos complexos;
  • Necessidade de nutrição parenteral total;
  • Cuidados paliativos: pacientes terminais em fase avançada, em uso de analgesia parenteral;
  • Aprovação da família e do paciente, especialmente no que se refere às regras que regem a assistência domiciliar;
  • Presença de um cuidador hábil, disponível 24 horas por dia;
  • Residência compatível para assistência domiciliar: suprimento de água potável, energia elétrica, meio de comunicação de fácil acesso, e ambiente com janela, específico para o paciente;
  • Facilidade de acesso ao domicílio para veículos e ambulância.

Contraindicações do Home Care:

  • Instabilidade clínica;
  • Portador de moléstia aguda sem diagnóstico;
  • Terapêutica de cunho cirúrgico;
  • Terapêutica domiciliar inviável;
  • Ausência de cuidador;
  • Não aprovação pelo médico assistente;
  • Não aprovação pelo paciente/família;
  • Ausência de domicílio ou domicílio sem estrutura física mínima, sem condição de acesso e segurança;

 

Como funciona o Home Care

 Um paciente só pode ser removido para o domicílio quando os critérios técnicos e médicos forem obedecidos de forma a priorizar sempre a segurança e agilidade na recuperação do paciente.A adesão de um paciente ao programa de home care da Pedilar se dá após indicado pelo médico, quando no momento da desospitalização é solicitada uma avaliação de um profissional para aplicação dos Critérios de Elegibilidade para Assistência Domiciliar. A avaliação desses critérios determinará em qual programa de assistência domiciliar o paciente será enquadrado.nFeito isso, o paciente recebe um plano terapêutico que conduzirá o cuidado ao paciente Esse plano deverá ser feito pela equipe multidisciplinar.

Alguns planos de saúde já oferecem esse serviço aos seus beneficiários.

 Como funciona a Assistência Domiciliar? 

O que é de responsabilidade dos familiares?

 É responsabilidade dos familiares eleger um cuidador (se possível um membro da família), que ficará responsável pelo paciente.O cuidador precisa estar absolutamente capacitado e psico–socialmente habilitado pois irá acompanhar a evolução do quadro do paciente para transmitir informações à equipe profissional.

A ele cabe acompanhar todos os procedimentos realizados no paciente, co-participando quando indicado.

Quanto à família fica a responsabilidade sobre o fornecimento correto de informações referente às condições físicas da residência, relacionadas à limpeza e manutenção do ambiente, segurança, instalações hidráulicas/elétricas e o fornecimento de materiais de uso pessoal para o cuidado do paciente. 

Suprimentos necessários para atendimento em domicílio

 Os materiais, medicamentos e equipamentos necessários para a internação domiciliar definidos no plano terapêutico pela equipe multiprofissional serão fornecidos após autorização prévia da operadora/seguradora de saúde.

Os materiais que não forem cobertos pela operadora de saúde, deverão ser providenciados pelo responsável do paciente.

Itens como andadores, muletas, talas e aparelhos inalatórios fraldas, geralmente não são cobertos pelo convênio e por isso devem ser providenciados pela família.A substituição ou reposição de materiais e equipamentos serão administradas pela Pedilar, com relação a horários de entrega, quantidades e modelos dos materiais e equipamentos, serão seguidas as condutas prescritas pela equipe multiprofissional. 

Regulamentação do Serviço de Home Care Assistência Domiciliar (AD)

 A regulamentação dessa prestação de serviço se dá pela resolução normativa 428 de 07/11/2017 da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar.Ela estabelece que, caso a operadora de saúde possibilite a internação domiciliar em substituição à internação hospitalar, com ou sem previsão contratual deverá obedecer às exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA e ao previsto nas alíneas “c”, “d”, “e” e “g” do inciso II do artigo 12 da lei 9.656/98 (Lei dos Planos de Saúde).Ainda deve submeter-se às normas da resolução 1668/03 do Conselho Federal de Medicina que determina quais são as especialidades dos profissionais para a composição das equipes multidisciplinares de assistência a pacientes internados no domicílio. A norma também estabelece os tipos de serviços que as empresas de home care podem disponibilizar para prestar uma boa assistência ao paciente. 

Quais são as vantagens do Home Care – Assistência Domiciliar (AD)?

  O serviços do segmento de atendimento domiciliar promovem a humanização do tratamento e aumentam o vínculo entre o paciente e sua família, proporcionando aos familiares um acompanhamento mais amplo sobre o quadro do paciente. A interação entre o paciente, os profissionais da equipe multidisciplinar de saúde e a família torna o tratamento ainda mais específico, pois assim é possível analisar melhor os fatores que influenciam o estado do paciente, identificando melhores práticas e cuidados visando a melhoria de seu quadro em geral. São inúmeros benefícios da Internação Domiciliar, mas podemos destacar:

  • Assistência personalizada e individualizada.
  • Humanização do tratamento.
  • Mais envolvimento da família com tratamento, favorecendo a recuperação do paciente.
  • Tranquilidade do paciente por estar em seu lar e mais próximo de seus familiares.
  • Melhor resposta à proposta terapêutica, o que reflete quase sempre em redução do tempo de internação;
  • Possibilidade do paciente viver mais próximo de sua rotina, suas referências e seus hábitos, o que também contribui positivamente com seu tratamento.
  • Diminuir o risco de infecção
  • Disponibilizar leitos hospitalares

 

Como escolher uma empresa de Home Care de confiança?

 nEmpresas de home care assistência domiciliar (AD) devem cumprir diversos requisitos legais para atender e prestar um bom serviço. Na hora de escolher, verifique se ela está autorizada a prestar esses serviços por meio dos órgãos:

  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para alvará de funcionamento;
  • Conselho Federal de Enfermagem (COREN) para profissionais de enfermagem que prestam o serviço;
  • Conselho Regional de Medicina (CRM) para médicos especialistas que prestam o serviço.

Outro aspecto importante é avaliar se a empresa conta com um quadro de profissionais qualificados e habilitados para essa prestação de serviço. Uma equipe multidisciplinar em saúde precisa ter especialistas em cada área de atuação.Além da autorização dos órgãos e da avaliação do quadro de profissionais, deve-se levar em conta também o tempo de atuação da empresa no mercado e a avaliação dos clientes sobre seus serviços. 

Sobre a Pedilar

 A Pedilar é uma empresa do segmento de Home Care especializada em Atendimento Pediátrico Domiciliar, pioneira nesta área em Belo Horizonte. Foi fundada em 1999 para trazer conforto e qualidade de vida tanto para a criança quanto para seus familiares. 

Equipe Pedilar

Nossa equipe de especialistas integrados para o acompanhamento pediátrico de cada paciente é composta por:

  • Médicos – Pediatras e Especialistas
  • Enfermeiros e técnicos de enfermagem
  • Psicólogos
  • Fisioterapeutas
  • Fonoaudiólogos
  • Terapeuta Ocupacional
  • Nutricionista e outros.

Depoimentos sobre a Pedilar

\r\n\r\n\r\n\r\n